Search

As olheiras conferem um ar cansado. Podem ter um componente de hiperpigmentação, vincos e rugas, flacidez ou pequenos papos.

Qual a origem das olheiras?

As “olheiras” surgem em pacientes de todas as idades e caracterizam-se tipicamente por um aspecto encovado das pálpebras inferiores. Mas as olheiras podem ter um ou mais problemas evidentes: rugas ou sulcos, flacidez, pequenos papos ou pele mais escurecida.

O aparecimento destas características, muitas vezes associadas a algum envelhecimento, está relacionado com uma complexa relação entre alguns ligamentos da face que unem a pele à estrutura óssea. Aliado a estes ligamentos, a pele fina das pálpebras e a presença de veias pouco distensiveis provocam estas características tão típicas.

Anestesia

Não necessita de anestesia ou apenas anestesia local.

Periodicidade e Duração do Tratamento

O tratamento é efectuado numa única sessão. Habitualmente as pessoas poderão repetir o tratamento 1 vez por ano.

Tempo de Recuperação

Habitualmente podem retomar imediatamente a sua vida social.

O tratamento das olheiras é sempre igual?

Dependendo dos problemas presentes em cada paciente estes poderão ter solução diferente. Temos protocolos específicos para cada caso envolvendo em muitos casos tratamentos combinados (infiltração de ácido hialurónico, factores de crescimento (PRP), mesoterapia, agentes despigmentantes ou mesmo peelings/laser).

O tratamento das olheiras é sempre igual?

Dependendo dos problemas presentes em cada paciente estes poderão ter solução diferente. Temos protocolos específicos para cada caso envolvendo em muitos casos tratamentos combinados (infiltração de ácido hialurónico, factores de crescimento (PRP), mesoterapia, agentes despigmentantes ou mesmo peelings/laser).

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Eduardo.

Marque a sua Consulta

Submeta o formulário em baixo para marcar a sua consulta com o Dr. Eduardo.

Dr. Eduardo Matos

Dr. Eduardo Matos